soro de leite
Reprodução

Soro do leite é vendido a quase R$ 5

No início deste mês, o Procon-SP notificou a Quatá Alimentos para explicar detalhes sobre a Bebida Láctea Cristina , como tabela nutricional e embalagem, depois que o item viralizou nas redes sociais. Após a resposta da empresa, o órgão pede que o rótulo seja alterado, alegando que a apresentação atual induz o consumidor ao erro, levando-o a achar que se trata de bebida equivalente ao leite. 

A fabricante informou ao Procon-SP a composição do produto: a cada 100g do produto, é utilizada a quantidade de 37,93g de leite desnatado e 59,99g de soro de leite fluído. Segundo o órgão, esta última informação está escrita em letras reduzidas.

Outra informação usada pelo Procon-SP para justificar a semelhança com a apresentação de marcas de leite é o destaque na embalagem da bebida láctea da informação “Fonte de Vitaminas A e D”, algo comum nos rótulos de leite.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG 

O fabricante afirma que o produto não é voltado para lactentes e crianças de primeira infância e que na apresentação da embalagem não consta direcionamento para este grupo. Já o órgão salienta a presença de uma uma ilustração de “vaquinha” no rótulo, o que poderia levar o consumidor a comprar o item para este público.

O uso deste tipo de imagem nas embalagens ou rótulos de leites fluidos, leites em pó, leites modificados e similares de origem vegetal é vetada pelas regras da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e pela Lei 11.265/ 2006, que regulamenta a comercialização de alimentos para lactentes e crianças de primeira infância.

Até o momento, a empresa não respondeu ao pedido de posicionamento.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários