Caixa
Reprodução/Twitter
Caixa

Sérgio Ricardo Faustino Batista, diretor de Controles Internos e Integridade da Caixa , foi encontrado morto na noite desta terça-feira (19) na sede do banco, na região central de Brasília. A informação foi adiantada pelo portal Metrópoles e confirmada pelo iG. 

A 5ª Delegacia de Polícia investiga o caso e a Polícia Federal foi comunicada.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG 

A Polícia Civil do Distrito Federal diz que "o caso segue em apuração", mas foi "preliminarmente tipificado como suicídio", em razão da vítima ter sido encontrada já sem vida no lado externo do prédio sede da Caixa Econômica Federal, ao lado da Galeria dos Estados, SBS.

A diretoria chefiada por ele tem relação direta com a apuração dos casos de assédio,  denunciados em junho

A Diretoria de Controles Internos e Integridade, a DECOI, é responsável pelo recebimento e acompanhando de denúncias feitas por funcionários por meio dos canais internos do banco.

Faustino Batista tinha 54 anos e chefiava o departamento mesmo após a troca na presidência da Caixa. Funcionário de carreira, antes ele havia integrado a equipe que assessorava diretamente o gabinete de Pedro Guimarães.

Caixa lamenta o ocorrido

"A CAIXA manifesta profundo pesar pelo falecimento do empregado Sérgio Ricardo Faustino Batista. Nossos sinceros sentimentos aos amigos e familiares, aos quais estamos prestando total apoio e acolhimento.  O banco contribui com as apurações para confirmar as causas do ocorrido", diz a nota da instituição. 



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários