Americanas vai inaugurar dois centros de distribuição no Norte e Nordeste
Giovanni Santa Rosa
Americanas vai inaugurar dois centros de distribuição no Norte e Nordeste

Se você fez alguma compra online recentemente, deve ter percebido que as entregas estão cada vez mais rápidas. Isso só é possível com investimentos em infraestrutura. A Americanas também fará isso, com dois novos centros de distribuição no Norte e no Nordeste. Esse setor de logística da empresa vai, inclusive, receber um nome próprio: Americanas Entrega.

Os dois novos centros de distribuição ficarão na Bahia e no Pará. Eles serão inaugurados no segundo semestre de 2022.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG 

Juntos, eles terão capacidade para atender mais de 300 lojas nas regiões Norte e Nordeste. Com os dois novos CDs, a empresa chega a mais de 1 milhão de m² de área de armazenagem própria.

O centro de distribuição do Pará ficará em Belém e será o primeiro ecoeficiente da Americanas. A companhia já possui 343 veículos eletrificados, entre utilitários, tuk-tuks e bikes, e caminhões movidos a biometano e gás natural.

Até 2025, a empresa pretende neutralizar suas emissões de dióxido de carbono.

Americanas Entrega

O setor de logística está tão em foco na Americanas que agora ele se chama Americanas Entrega.

De acordo com o comunicado enviado à imprensa, a marca reúne os 25 centros de distribuição, mais de 200 hubs e “um portfólio completo de serviços de logística e distribuição” para clientes, vendedores e empresas.

Entre os serviços oferecidos estão soluções de frete, um pacote completo de logística (incluindo armazenagem de produtos de alto giro), retirada na loja ou em pontos de multisserviços, entrega flash usando lojas físicas e retirada em lockers.

Welington Souza, diretor da plataforma de logística a Americanas, diz que a companhia integrou as plataformas física e de e-commerce, recorreu à inteligência de dados e acelerou a adoção de dark stores para a alocação de itens. Isso tudo tem como objetivo reduzir custos, e tempo de entrega.

Entrega em favelas

A Americanas também anunciou a expansão do Americanas na Favela, programa direcionado a comunidades de baixa renda. Ela vai ampliar seu alcance para mais de 50 microbases até 2023.

A iniciativa está presente em sete comunidades de São Paulo e Rio de Janeiro. O G10 Favelas e a startup de logística Favela Brasil Express são parceiros nessa empreitada.

Americanas vai inaugurar dois centros de distribuição no Norte e Nordeste

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários