Petrobras explica redução de envio de gás pela Bolívia
Alexandre Cassiano/Agência O Globo
Petrobras explica redução de envio de gás pela Bolívia

A Petrobras afirmou na noite desta terça-feira (24) que os contratos de venda de gás natural junto a clientes não devem ser afetados pela redução do gás enviado pela empresa boliviana YPFB.

"Ressaltamos que os contratos de venda de gás natural celebrados pela Petrobras com os seus clientes possuem preço previamente estabelecido, cuja atualização é baseada em fórmulas paramétricas atreladas a indicadores de mercado e acordadas entre as partes, as quais não são afetadas por situações pontuais de falhas com fornecedores", declarou a estatal, em nota.

A Petrobras confirmou que, em 2021 e no primeiro trimestre de 2022, recebeu em média 20 milhões de metros cúbicos de gás por dia da YPFB, conforma acordado. No início de abril, a boliviana acordou o envio adicional de 4 milhões de metros cúbicos por dia para a Argentina, reduzindo o envio na mesma quantidade para a Petrobras.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG

"Após tomar conhecimento da redução informada pela YPFB, a Petrobras deu ciência às instâncias governamentais cabíveis, bem como informou as medidas adotadas para assegurar o fornecimento aos seus clientes", afirmou a Petrobras.

No início de maio, porém, a Petrobras começou a receber, em média, 14 milhões de metros cúbicos diários de gás da YPFB. "O contrato prevê consequências ao fornecedor em caso de falha de fornecimento, as quais serão aplicadas pela Petrobras à YPFB. A companhia está tomando as providências cabíveis visando ao cumprimento do contrato", declarou a estatal brasileira.

A Petrobras afirma que manterá seus contratos com clientes, mesmo diante das questões envolvendo a YPFB. "A Petrobras reafirma o seu compromisso com os seus clientes e com o cumprimento das condições estabelecidas contratualmente".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários