Mudanças em rotas e otimização de entregas favorecem lucros de motoristas
BBC
Mudanças em rotas e otimização de entregas favorecem lucros de motoristas

Com o preço do diesel nas alturas, empresas passaram a investir em rotas alternativas para reduzir os custos e favorecer o lucro do motorista. Os dados foram apurados pela Lincros, empresa especializada em soluções para gestão logística. 

Segundo o levantamento, o valor do combustível tem consumido boa parte o orçamento da empresas e, por isso, é necessário planejar um trajeto mais otimizado, aumentando o fluxo de entregas e reduzindo o custo com o diesel em até 10%. A medida também aumenta o lucro do motorista em 22% por entrega.

No setor de distribuição, que sofre com os constantes aumentos, empresas estão aumentando a sua capacidade produtiva para suprir os gastos com combustíveis. Grandes distribuidoras estão aumentando a área de atuação dos motoristas, para que rodem mais e a saída para e entrega compense os gastos.

Soluções de roteirização não só ajudam as companhias a organizar as rotas, como também a optar por caminhos mais eficientes, englobando pedidos e entregas em um mesmo deslocamento. Motoristas estão buscando aumentar os pedidos por carro, quantidade de entregas e quilometragens a mais por dia. Assim, empresas que trabalham com entregas estão aumentando o valor pago e oferecendo um bônus para o motorista que aumentar a sua quantidade de entregas.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG

Esse aumento de fluxo gera uma economia de 12% ao fim do mês em relação ao gasto total por dia. Sendo assim, o custo para a entrega também diminui, já que empresas estão ampliando as campanhas de frete grátis para determinadas regiões que possuem malha logística otimizada. Nessa base, o custo da entrega pode ser reduzido em 26%.

Um motorista que ganharia R$ 3.930,00, por exemplo, pode aumentar seu lucro para R$ 5.040,00 com as entregas desta empresa que investiu em automação e no aumento da produtividade da sua frota em entregas.

Segundo o CEO da Lincros, Gilson Chequeto, a aplicação da automação nas empresas garante mais segurança no cenário incerto dos insumos.

"Além das transportadoras, outros setores estão sofrendo com esse impacto. O aumento dos combustíveis já chegou no valor de bens e serviços. Outro setor que viu o aumento chegar com grande impacto é o e-commerce, pois na pandemia, esse setor cresceu 27%. Mudanças e grandes estratégias devem ser o foco, incluindo o relacionamento com o cliente, que não sentirá o aumento dos preços", explica.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários