Auxílio Brasil
Shutterstock.com
Auxílio Brasil

O Senado aprovou, nesta quarta-feira (4), a medida provisória que estabeleceu R$ 400 como valor mínimo do programa Auxílio Brasil, substituto do Bolsa Família. O Congresso tinha até o dia 16 de maio para finalizar essa análise.

Como o texto que foi aprovado pela Câmara na semana passada sofreu alterações – o deputado João Roma (PL-BA) incluiu dispositivo que torna o benefício permanente, e não acabe no fim deste ano, como previsto originalmente pelo governo – o texto precisa ser sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro.

Entre no canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia 

Como o GLOBO já mostrou, o Ministério da Economia já prevê o benefício nessa dimensão no Orçamento de 2023. Além disso, em análises preliminares, a pasta avalia que não é necessário compensação financeira para o benefício permanente.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários