Ovos de Páscoa
MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
Ovos de Páscoa

Pesquisa realizada pelo Núcleo de Inteligência do Procon-SP indica que o consumidor vai ter que pesquisar muito antes de comprar chocolate nesta Páscoa. Levantamento feito pela autarquia mostra que a diferença de preços chega a 144,5% entre os ovos. No caso das barras de chocolate,  a disparidade é ainda maior, chegando a 223,64% no caso do Chocolate Meio Amargo  de 92g da Hershey's, custando de R$ 12,44 e R$ 3,85.

Entre os ovos de Páscoa, a maior diferença encontrada foi de 144,65% no Ferrero Rocher de 365 g. Em um estabelecimento o preço encontrado foi de R$ 178,35 e, em outro, R$ 72,90.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia 

Nas caixas de bombons, a maior diferença foi de 96,54%: a caixa de Sortidos Garotices de 250g da Garoto custava R$ 16,49 em uma loja e, em outra, R$ 8,39, diferença de R$ 8,10.

Na comparação dos produtos comuns entre as pesquisas on-line de 2022 e 2021 constatou-se que houve, em média, acréscimo no preço dos bombons de 2,36%, nas barras de chocolate de 13,02% e, nos ovos de Páscoa de 19,53%.

O  levantamento do Procon-SP foi realizado em nove sites, no período de 14 a 17 de março. Foram pesquisados 81 itens entre caixa de bombons, ovos de Páscoa e barras de chocolate. Foram comparados os produtos encontrados em, no mínimo, três dos locais consultados.

No Rio, o Procon estadual também encontrou diferenças que variam até 50% quando comparado com produtos da mesma marca em diferentes estabelecimentos.

Na capital, o ovo de páscoa que teve a maior variação percentual de preço foi o Galak. O chocolate oscilou até 44,37%, sendo encontrado por valores entre R$ 62,90 e R$ 34,99. O consumidor poderia economizar até R$33,00 se comprasse o ovo Kit Kat em uma loja ao invés de efetuar a compra em outra. A caixa de bombom Garoto também teve variação significativa de preço, 40,77%.

Comparando os valores de 2021 e 2022, o Galak foi o ovo que teve o maior aumento de preço (57,29%) no município do Rio de Janeiro. O mesmo produto foi encontrado no ano anterior no mesmo estabelecimento por R$39,99 e atualmente, por R$62,90.

Leia Também

A coleta e análise de dados do Procon EStadual do RJ foram feitas entre os dias 05 e 08 de abril.

Em Nova Iguaçu, Região Metropolitana do Rio, a caixa de Bombom Ferrero Rocher subiu 56,29% de um ano para o outro. Ela custava R$15,99 em 2021, e em 2022 está sendo vendida por R$24,99 na mesma loja.

Os ovos que tiveram maiores oscilações neste ano no município foram o Kit Kat, preços estão entre R$62,50 e R$37,99, e o Serenata de Amor, vendido por R$49,90 e R$34,99.

Internet

O consumidor que pesquisar pela internet antes de comprar a caixa de bombom Nestlé, vai poder comprar duas pelo preço de uma. O mesmo item é vendido por R$8,49 em um site e por R$16,99 em outro. Em relação ao ano anterior, a caixa de bombom Arcor subiu 77,87%, enquanto o ovo de páscoa Batom, 40%.

Os servidores também fizeram pesquisa de preços em sites de lojas especializadas em chocolates para comparar os valores de 2021 e 2022. O maior percentual de aumento encontrado nestes estabelecimentos foi de 16,69% no preço do ovo Língua de Gato da Kopenhagen.

Variação de 13,35% foi identificada no preço do Ovo Delírio da Dinda da Cacau Brasil, 12,54% no do Ovo Monte Belo e 11,83% no do Ovo Gold Bunny da Lindt.

O Procon-RJ ressalta que as variações e oscilações de preços citadas foram feitas em relação aos produtos da mesma marca vendidos em diferentes estabelecimentos. Já o comparativo de preços praticados em 2021 e 2022 foi realizado entre os mesmos estabelecimentos.  

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários