Planos de Saúde
Agência Brasil
Planos de Saúde

Doze planos de saúde, administrados por seis operadoras, têm sua comercialização temporariamente suspensa a partir desta terça-feira (22). A decisão foi tomada pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e divulgada no último dia 16, devido a reclamações relacionadas à cobertura assistencial no último trimestre do ano passado.

A medida faz parte do monitoramento da garantia de atendimento, que acompanha regularmente o desempenho do setor e atua na proteção dos consumidores. Nesse ciclo, a ANS determinou a suspensão de 12 planos de 6 operadoras devido a reclamações efetuadas no 4º trimestre.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia 

Ao todo, 83.286 beneficiários ficam protegidos com a medida, já que esses planos só poderão voltar a ser comercializados para novos clientes se as operadoras apresentarem melhora no resultado no monitoramento.

Além das suspensões, a ANS também divulga a lista de planos que poderão voltar a ser comercializados. Nesse ciclo, 11 planos de 4 operadoras terão a venda liberada pelo Monitoramento da Garantia de Atendimento.

Resultados do Monitoramento da Garantia de Atendimento (4º trimestre): 12 planos com comercialização suspensa, 11 planos com a comercialização liberada, 83.286 beneficiários protegidos e 33.377 Reclamações analisadas no período de 1º de outubro a 30 de dezembro do ano passado.

Confira  aqui a lista de planos suspensos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários