A cada reajuste da gasolina, 99 vai pagar auxílio aos motoristas
Sophia Bernardes
A cada reajuste da gasolina, 99 vai pagar auxílio aos motoristas

Aplicativo de transporte, 99, dará adicional à motorista cadastrado, o valor será reajustado automaticamente, mensalmente, sempre que o preço da gasolina aumentar. Esta solução, inédita no Brasil, passa a valer nesta quarta-feira (23) em todo o país. A empresa visa garantir previsibilidade e melhores condições financeiras aos seus parceiros.

Diante de mais um aumento no preço dos combustíveis e dos impactos gerados nos ganhos dos motoristas parceiros, o aplicativo de transporte lança um auxílio no ganho do motorista que aumenta sempre que a gasolina sobe. Com isso, a empresa vai somar R$ 0,10 por quilômetro rodado para cada R$ 1 de aumento do combustível. Em São Paulo, onde a gasolina variou R$ 1,65 para cima em um ano, o acréscimo garantido pela empresa será de R$ 0,17 por quilômetro. Em uma corrida que gaste 1 litro (12km em média), portanto, o reajuste será de R$ 2,04, superando a subida do combustível.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia 

A ferramenta foi desenvolvida pelo DriverLAB, um centro de inovações da empresa 100% focado nos motoristas parceiros, lançado neste mês. O impacto na conta dos condutores será imediato pois o auxílio considera o aumento no preço desde março de 2021. Ou seja, adicional vai além do aumento mais recente e será reajustado automaticamente, mensalmente, sempre que combustível variar.

O objetivo do aplicativo é garantir o ajuste dos repasses para o motorista de acordo com as flutuações no preço da gasolina. “Toda a sociedade tem sido impactada por esses aumentos. Nosso compromisso é cuidar dos motoristas parceiros, por isso agilizamos o desenvolvimento dessa tecnologia que anula a subida dos preços”, diz Thiago Hipólito, diretor do DriverLAB da 99.

Leia Também

“O adicional é importante porque com ele eu sei o que esperar no dia de amanhã. Dá tranquilidade saber que o reajuste será automático e mensal”, afirma o motorista parceiro, Moisés Gomes.

Antes, a empresa considerava as seguintes variáveis para calcular a tarifa do motorista: um valor base, ganho por km e ganho por minuto. Agora, a essas variáveis será incorporado o “Adicional Variável de Combustível”. Ou seja, o condutor terá mais um componente acrescentado ao seu ganho.

Como a base para a comparação é o valor registrado pela ANP, em cada estado, no mês de março de 2021, esse adicional será sempre positivo (em caso de aumento da gasolina em relação a março do ano passado) ou zero (em caso de a gasolina ficar mais barata do que o valor dessa data).

No futuro, essa análise será feita automaticamente para que o ajuste seja realizado. O motorista parceiro pode acompanhar esse pagamento extra no recibo de suas corridas realizadas, dentro do app. O Adicional Variável de Combustível estará sempre discriminado no recibo dos motoristas parceiros.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários