Oi Móvel
Felipe Moreno
Oi Móvel

O novo CEO da TIM Brasil, Alberto Griselli, afirmou que espera concluir a operação de aquisição de ativos móveis da Oi até maio.

O negócio já recebeu aval do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e prevê o fatiamento da divisão móvel da Oi entre TIM, Vivo e Claro, uma operação que totalizará cerca de R$ 16,5 bilhões.

"O prazo que estamos colocando é até maio. De fato, estamos chegando lá", disse Griselli em entrevista à ANSA na última sexta-feira (18).

A Oi já dividiu o conjunto de ativos em três sociedades de propósito específico (SPEs), uma para cada comprador, e agora as operadoras precisam verificar se cada SPE é compatível com o que foi adquirido.

"Estamos nesse processo. Na medida em que estivermos confortáveis e tivermos elementos para dizer 'ok, é isso', aí acontece o negócio", acrescentou. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários