Elon Musk
Felipe Moreno
Elon Musk

Homem mais rico do mundo, Elon Musk, desafiou o presidente russo, Vladimir Putin, para um "combate". O vencedor levaria a Ucrânia. 

"Por meio desta eu desafio Vladimir Putin para um combate individual. O prêmio será a Ucrânia", publicou o bilionário dono da Tesla no Twitter nesta segunda-feira (14).

"Você concorda com essa luta?", perguntou ele em sequência, marcando o perfil do Kremlin, conta oficial do presidente russo.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia 



Em publicações anteriores, Musk reclamou do preço das commodities, fortemente impactados pela guerra na Ucrânia, e que vem afetando a produção nas suas empresas. 

Leia Também

Leia Também

"Tesla e SpaceX estão sofrendo pressão da inflação em materiais brutos e logística. E nós não estamos sozinhos", disse o bilionário. 

Musk também direcionou satélites de sua outra empresa, a Starlink, para permitir o acesso à internet dos ucranianos. O pedido do havia sido feito pelo vice-primeiro-ministro ucraniano, Mykhailo Fedorov.

“Enquanto você tenta colonizar Marte – a Rússia tenta ocupar a Ucrânia! Enquanto seus foguetes pousam com sucesso do espaço - foguetes russos atacam civis ucranianos! Pedimos que você forneça à Ucrânia estações Starlink e dirija-se a russos sãos para se levantarem”, disse Fedorov, que também é ministro da transformação digital.



** Luís Felipe Granado é repórter do Brasil Econômico, editoria de Economia do Portal iG, e pesquisador na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz)

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários