Governo lança Plano Nacional de Fertilizantes
Felipe Moreno
Governo lança Plano Nacional de Fertilizantes

O governo federal lançou nesta sexta-feira (11) o Plano Nacional de Fertilizantes (PNF) que tem por objetivo pensar em estratégias para aumentar a produção dos insumos no país e reduzir a dependência do mercado externo de 85% para 45% até 2050.

Atualmente, o Brasil ocupa a 4ª posição mundial, com cerca de 8% do consumo global de fertilizantes. O potássio é o principal nutriente utilizado pelos produtores nacionais (38%), seguido pelo fósforo (33%) e pelo nitrogênio (29%).

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia

Apesar de ser um grande produtor agrícola, o país ainda depende da importação de mais de 85% desses insumos, segundo dados da Associação Nacional para Difusão de Adubos (Anda). Por isso, acaba vulnerável às oscilações no mercado internacional.

Leia Também

As estratégias começaram a ser elaboradas ainda em 2021 e foram lançadas agora em meio às preocupações de escassez dadas pelo ataque russo à Ucrânia. A Rússia é um dos principais fornecedores de fertilizantes para o Brasil.

O documento também institui o Conselho Nacional de Fertilizantes e Nutrição de Plantas, responsável por coordenar a implementação do Plano Nacional de Fertilizantes.

Participaram da cerimônia de lançamento, no Palácio do Planalto, o presidente, Jair Bolsonaro; a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina; o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque; o ministro da Economia, Paulo Guedes; e o Secretário Especial de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, Flávio Rocha.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários