FMI aprova ajuda emergencial para Ucrânia de US$ 1,4 bilhão
Felipe Moreno
FMI aprova ajuda emergencial para Ucrânia de US$ 1,4 bilhão

O Fundo Monetário Internacional (FMI) aprovou na última quarta-feira (9) um pacote de ajuda de emergência para a Ucrânia no valor de US$ 1,4 bilhão.

Em um comunicado, o FMI afirmou que a quantia irá auxiliar o país europeu, que está enfrentando "uma crise humanitária e econômica muito séria" desde a invasão pela Rússia.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia

A organização informou que essa ajuda imediata deverá permitir ao governo ucraniano "cobrir as necessidades orçamentais urgentes decorrentes dos efeitos da guerra e fornecer um apoio essencial em curto prazo".

Leia Também

Além de auxiliar a Ucrânia, o FMI espera que o pacote econômico sirva de "catalisador" para a chegada de outras ajudas de parceiros financeiros.

"As necessidades de financiamento são grandes, urgentes e podem aumentar significativamente à medida que a guerra continuar", disse a diretora do FMI, Kristalina Georgieva, que também alertou que a Ucrânia passará por uma "profunda recessão".

Mesmo que o momento da Ucrânia não seja bom, Georgieva confirmou que a "resposta política de emergência" das autoridades locais "tem sido notável".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários