Bradesco terá que pagar multa por falha em aplicativo bancário
Lorena Amaro
Bradesco terá que pagar multa por falha em aplicativo bancário

O Bradesco foi multado em R$ 3.008.240 pelo Procon Carioca, por conta de uma falha no aplicativo do banco ocorrida no dia 30 de novembro do ano passado. Segundo o órgão, a instabilidade do sistema deixou serviços prestados pelo aplicativo indisponíveis, e clientes tiveram que pagar tarifas por terem recorrido a outras plataformas.

Além da multa, foi recomendado ao banco que os consumidores que foram lesados sejam ressarcidos.

O Procon Carioca questionou o Bradesco sobre o que causou a falha, se houve algum comprometimento com a segurança dos dados dos consumidores, quanto tempo durou o problema, de que maneira os clientes foram informados e quantas pessoas foram atingidas.

O banco foi indagado ainda sobre as medidas que foram tomadas em relação aos consumidores que foram impossibilitados de fazer transações e, consequentemente, perderam o prazo de pagamento de suas obrigações.

Leia Também

Quer ficar bem informado sobre tudo que acontece na economia do Brasil e do Mundo? Acompanhe o  canal do Brasil Econômico no Telegram

Ao prestar esclarecimento, ainda segundo o órgão, o Bradesco argumentou que os consumidores foram informados da falha no sistema no próprio aplicativo, que os usuários deveriam ter outros equipamentos para ter acesso ao sistema e que a segurança dos dados não foi comprometida.

No entanto, o Procon Carioca alega que as respostas do banco não foram comprovadas, o que levou o órgão leva a caracterização de infração ao Código de Defesa do Consumidor (CDC).

Procurado, o Bradesco informou que "busca constantemente adotar medidas que aprimorem os serviços prestados e a qualidade de atendimento de modo a identificar oportunidades de melhorias em seus processos, produtos e serviços".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários