Renda domiciliar per capita cai para R$ 1.367 em 2021, segundo IBGE
Redação 1Bilhão
Renda domiciliar per capita cai para R$ 1.367 em 2021, segundo IBGE

A renda domiciliar per capita no Brasil caiu para R$ 1.367 em 2021, segundo levantamento divulgado nesta quinta-feira (24) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O resultado é 0,94% inferior ao registrado em 2020, de R$ 1.380, sem considerar porém os efeitos da inflação, que terminou o ano passado com alta de 10,06%.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia

O maior rendimento per capita foi observado no Distrito Federal, R$ 2.513 — quase o dobro da média nacional. O menor, por sua vez, foi no Maranhão, R$ 635 — menos da metade da média no país.

Os dados fazem parte da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua).

Leia Também

O rendimento domiciliar per capita foi calculado como a razão entre o total dos rendimentos domiciliares (em termos nominais) e o total dos moradores.

"Nesse cálculo, são considerados os rendimentos de trabalho e de outras fontes. Todos os moradores são considerados no cálculo, inclusive os classificados como pensionistas, empregados domésticos e parentes dos empregados domésticos", explica o IBGE.

"Os valores foram obtidos a partir dos rendimentos brutos de trabalho e de outras fontes, efetivamente recebidos no mês de referência da pesquisa, acumulando as informações das quintas visitas da Pnad Contínua feitas no 1º, 2º, 3º, e 4º trimestres de 2021", finaliza

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários