Vladimir Putin
Reprodução
Vladimir Putin

O presidente russo, Vladimir Putin, ordenou na manhã desta quinta-feira (24) em Moscou uma operação militar contra a Ucrânia . Com isso, o petróleo ultrapassou a marca de US$ 100 o barril pela primeira vez desde 2014. Além disso, bolsas pelo mundo recuam em reação ao ataque. 

Os contratos futuros do petróleo Brent, referência no mercado internacional, saltaram mais de 8,42%, cotados a US$ 101,97  às 7h36 de Brasília. Ontem, a commoditie fechou o dia em US$ 94,05. 

Já o petróleo americano WTI (West Texas Intermediate) é cotado a US$ 100,08, refletindo alta de 8,66%. 

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia

Na Bolsa de Moscou, houve queda de mais de 10%, o que levou à suspensão das negociações. Já nos Estados Unidos, os contratos do S&P 500 e do Nasdaq 100 caíam 1,7% e 2,3%, respectivamente.

Leia Também

Leia Também

O ouro, reserva de segurança em momentos de crise, avançou mais de 1,7% para atingir seu nível mais alto desde o início de janeiro de 2021.

Na Europa, as Bolsas caem: Na Bolsa de Frankfurt, o índice DAX caía 3,43%; A Bolsa de Paris recuava 3,25%; Em Londres, a Bolsa registra queda de 2,53%.

Na Ásia, a Bolsa de Tóquio fechou com perdas de 1,81%, enquanto que a Bolsa de Hong Kong despencou 3,21%.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários