Disney
Divulgação
Disney

 A Disney decidiu ir além do negócio de contar histórias. Quer agora investir em histórias de vida.

Com uma nova gama de projetos residenciais, a companhia de parques temáticos e entretenimento anunciou que planeja desenvolver uma série de empreendimentos imobiliários residenciais nos Estados Unidos.

O primeiro deles será em Rancho Mirage, na Califórnia. O novo negócio de desenvolvimento residencial será chamado “Histórias vividas, por Disney”, informou a empresa em comunicado à imprensa.

Os planos estão em andamento para o primeiro projeto, que fica próximo ao local onde o fundador da empresa, Walt Disney, comprou uma casa certa vez. Outras localidades nos EUA também sao exploradas, afirmou a companhia.

O projeto do Rancho Mirage, apelidado de Cotino, está sendo construído em parceria com a DMB Development, empresa especializada em planejamento de comunidades com sede no Arizona.

O projeto de 24 acres incluirá pelo menos uma área para residentes com 55 anos ou mais e os compradores dos imóveis terão a opção de escolher entre lotes, casas para uma única família e condomínios.

Áreas exclusivas para 'maduros'

A Disney informou que essas comunidades serão voltadas para todas as idades, mas todas elas incluem uma área só para pessoas com idade superior a 55 anos.

Leia Também

Funcionários da Disney “treinados no já famoso serviço de atendimento ao cliente" da companhia vão gerenciar a associação comunitária, afirmou a empresa.

A Disney também vai prover acesso a “experiência especiais”, incluindo programas de bem-estar, entretenimento, empreendimentos filantrópicos e seminários. 

Os Idealizadores da Disney, termo usado para definir os designers dos parques da empresa, ajudarão a desenvolver as comunidades, embora não esteja claro o quanto a marca Disney estará presente.

'Trazer a magia da Disney para as pessoas'

“Ao passo em que nos preparamos para entrar no nosso segundo século, estamos desenvolvendo novas e animadoras formas de trazer a magia da Disney para as pessoas,  independentemente de onde elas estão, expandindo as histórias narradas para as histórias vividas”, disse Josh D'Amaro, presidente da divisão de parques da Disney.

Imóveis residenciais não são inteiramente um novo negócio para a Disney.

A empresa desenvolveu a cidade de Celebration, na Flórida, (com 9.900 habitantes) nos anos 1990, trazendo notáveis arquitetos como Philip Johnson e Michael Graves para desenhar as estruturas.

A companhia vendeu casas de luxo próximas ao Walt Disney World durante anos como parte de uma comunidade no estilo resort.

O parque temático de Epcot foi originalmente concebido por Walt Disney para ser um lugar onde os fãs pudessem viver, trabalhar e se divertir.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários