Banco Central
Fernanda Capelli
Banco Central

O Sinal (Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central) divulgou uma nota prometendo "recrudescimento" das mobilizações em prol do reajuste salarial, sendo assim, os servidores afirmam que se o governo não se posicionar até o dia 23 de fevereiro, entrarão em greve por tempo indeterminado a partir de  9 de março de 2022. 

A entidade sindical aprovou, em assembleia virtual, a paralisação com mais de 90% de apoio. Amanhã (3), representantes devem se reunir com o presidente da instituição, Roberto Campos Neto. 

"A última conversa com o Presidente do BC, Roberto Campos Neto, foi produtiva e positiva. Logo, temos uma boa expectativa para essa nova reunião de 3/2. Contudo, as últimas declarações do presidente Bolsonaro, do deputado Ricardo Barros e dos ministros Ciro Nogueira e Paulo Guedes sugerem ainda que o reajuste será dado somente para os policiais federais, excluindo os servidores do BC. Por isso, a categoria aprovou "manter a paralisação de 9/2"!", diz a nota.

A categoria chama atenção para a obrigatoriedade de reajustar o salário o funcionalismo, principalmente quando considerado o "alto índice das perdas salariais, que já se arrastam por mais de uma década".

Nesta quarta-feira (2) servidores se mobilizaram em Brasília para cobrar reajuste salarial do governo, após as falas do presidente Jair Bolsonaro, que privilegiou aumento aos profissionais da segurança pública, mas recuou, dizendo que "todos os servidores" devem ser atendidos com um "percentual bastante razoável" em 2023.

Leia Também

Segundo Bolsonaro, a arrecadação federal deverá crescer em 2022 e favorecer o reajuste de funcionários públicos.

A nota do Sinal diz que é preciso ficar atento à promessa, que "mesmo frágil, pode servir de subterfúgio para aplacar, ao menos em parte, a crescente insatisfação das carreiras."

O documento lembra ainda que 2022 é ano de eleições e os servidores públicos federais representam uma parcela do eleitorado que não pode ser desprezada.

"Portanto, não resta alternativa que não o recrudescimento da mobilização pela reestruturação de carreira, com reajuste salarial. O Sinal convoca você, servidor do BC, a aderir à paralisação parcial do próximo dia 9 de fevereiro."

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários