Suez tem faturamento recorde apesar de bloqueio causado por Ever Given
Reprodução: iG Minas Gerais
Suez tem faturamento recorde apesar de bloqueio causado por Ever Given

Apesar da pandemia de Covid-19 e do bloqueio de seis dias provocado pelo navio Ever Given, o Canal de Suez, no Egito, registrou números recordes em 2021.

Segundo a autoridade responsável pela via marítima, 1,27 bilhão de toneladas de cargas transitaram pelo canal no ano passado, gerando receitas de US$ 6,3 bilhões, o que significa um aumento de 13% em relação a 2020 e o melhor resultado já registrado em Suez.

O número de navios que fizeram a travessia entre os mares Vermelho e Mediterrâneo cresceu de 18.830 em 2020 para 20.694 em 2021, alta de quase 10% em um ano.

O canal responde por cerca de 10% do comércio marítimo global e ficou totalmente bloqueado entre 23 e 29 de março por conta do encalhe do porta-contêineres Ever Given.

O tráfego na via só foi normalizado cinco dias após a remoção do navio, que ficou apreendido no Egito até 7 de julho. A liberação ocorreu apenas depois de um acordo de indenização entre a Autoridade do Canal de Suez e a empresa japonesa Shoei Kisen Kaisha, proprietária do Ever Given.

Em novembro, a administração do canal anunciou um aumento de 6% nos pedágios para 2022, mas navios de turismo e que transportam gás natural liquefeito (GNL) serão isentos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários