null
Guilherme Dotto
undefined


Em comunicado no sábado (18), o Grupo Itapemirim informou que intensificou a comunicação com os passageiros impactados pela suspensão das operações da companhia.

A empresa informou ainda que o serviço telefônico pelo número 0800 723 2121 assim como o chat do site foram restabelecidos, com horário de atendimento de 6h às 21h. Além disso, o passageiro pode enviar um mail para [email protected] com o nome completo e número do localizador da reserva para agilizar o atendimento.

Caso os passageiros optem por solicitar o reembolso total das passagens, podem fazê-lo pelo site da companhia www.voeita.com.br seguindo os passos abaixo:

  • clique em meus voos;
  • Faça o login com usuário e senha;
  • Clique na opção remarcação/reemissão/reembolso;
  • selecione seu ticket;
  • selecione a opção reembolso

A Itapemirim afirmou ainda que continua trabalhando "arduamente" junto à Anac para mitigar os efeitos da suspensão dos voos e que tem contado com a colaboração das demais companhias aéreas para reacomodação dos passageiros.

Leia Também

O comunicado diz ainda que está utilizando sua empresa de transporte rodoviário - Viação Itapemirim - como parte do plano de contingência para reacomodação dos passageiros por via terrestre.

Leia Também

Segundo a empresa, a prioridade para a reacomodação em voos de outras companhias tem sido para passageiros que já estão fora de sua cidade de domicílio e precisam retornar para casa. Os demais serão atendidos com prioridade total do reembolso dos valores pagos.

Por fim, a empresa orienta os passageiros com passagens marcadas a partir de hoje que não tentem realizar o check-in on-line e não compareçam aos aeroportos antes de contatar a empresa aérea.


Na noite de sexta-feira, a empresa anunciou que suspendeu "temporariamente" todas as operações . A companhia alega que a situação está ligada a uma "reestruturação interna". Horas depois, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) suspendeu o Certificado de Operador Aéreo da ITA Transportes Aéreos. Sem o documento, a empresa não poderá voltar a voar.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários