Bolsonaro anda de jet ski no lado Paranoá, em Brasília
Reprodução Twitter
Bolsonaro anda de jet ski no lado Paranoá, em Brasília

O presidente Jair Bolsonaro conversou com apoiadores no Palácio do Alvorada nesta sexta-feira (26) e se defendeu do que chamou de "maldade da imprensa" em relação aos gastos com o cartão corporativo. Só em 2021 já foram gastos 15,2 milhões de reais, de acordo com o Portal da Transparência. Em 2018 o montante acumulado era R$ 8,9 milhões em 11 meses, representando crescimento de 70%. 

Segundo o presidente, as despesas se referem a segurança, alimentação dos animais e salário dos servidores do Palácio.

"Ganho 25 mil reais, é muito, é pouco, não sei", disse. "Tem umas 50 emas aqui quer que eu pague do meu salário a ração delas? Tem um lago com peixe que eu nunca comi, tem coisa que eu nem tomo conhecimento aqui. Deve ter uns 150 trabalhadores aqui na casa, querem que eu pague do meu salário eu pago", queixou-se. 

Bolsonaro se defendeu e disse que cortou despesas inerentes ao cargo e que em momentos de folga "faz o que pode". "Ah andou de lancha. Quer que eu ande com toco de bananeira? Pneu de caminhão? Já fiz muito", disse.

Leia Também

"Diminuí muito a despesa, desliguei o aquecedor da piscina olímpica", defendeu-se Bolsonaro. A piscina, no entanto, é mantida por energia solar desde 2002. 

As despesas, no entanto, estão em sigilo. O cartão de pagamentos do governo federal tem o objetivo de custear despesas relacionadas ao exercício do cargo. O seu uso é sujeito a fiscalização e controle social e a regras baseadas em princípios como legalidade, impessoalidade, moralidade, eficiência, isonomia e da aquisição mais vantajosa.

Sob a gestão Bolsonaro, de janeiro a outubro deste ano, 99,2% dos gastos da Presidência estão nessa condição – o percentual é o maior registrado desde 2015.Veja os percentuais dos gastos em sigilo da Presidência ano a ano:

  • 2015: 98,4% (11,8 milhões de reais)
  • 2016: 98,7% (11,5 milhões de reais)
  • 2017: 98% (8,3 milhões de reais)
  • 2018: 97,9% (8,8 milhões de reais)
  • 2019: 98,2% (11,7 milhões de reais)
  • 2020: 98,6% (16 milhões de reais)
  • 2021: 99,2% (15,1 milhões de reais)


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários