Bolsonaro prevê nova greve dos caminhoneiros se Petrobras reajustar o diesel
José Dias/PR
Bolsonaro prevê nova greve dos caminhoneiros se Petrobras reajustar o diesel

O presidente Jair Bolsonaro acredita que se a Petrobras reajustar o preço do diesel novamente, a adesão à greve dos caminhoneiros deve aumentar. Há uma semana, ele disse que a estatal anunciaria um novo aumento "dentro de 20 dias". Na ocasião, a empresa negou que repasse informações ao presidente. 

“Você não tem como fazer milagre, é uma correia de transmissão essa questão. Inclusive a Petrobras já fala em um novo reajuste. Eu não vou omitir informações, essa é uma realidade que está acontecendo e você vê já cada vez mais crescendo tendência de caminhoneiros de parar o Brasil”, disse ele em entrevista à Jovem Pan Curitiba.

Segundo Bolsonaro, a greve afetaria negativamente até mesmo a própria categoria. Além disso,  criticou os "dividendos absurdos" repassados pela Petrobras à União. 

“Não pode ter um monopólio estatal que prejudica o povo como um todo, agora a maior forma de prejudicar o povo como um todo é a inflação” destacou ele.

De acordo com a agência Reuters, o presidente não revelou de quem teria obtido a informação de que a estatal petrolífera poderia reajuste o preço dos combustíveis.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários