China tem registrado novos surtos de Covid-19 nas últimas semanas
Pixabay
China tem registrado novos surtos de Covid-19 nas últimas semanas

O governo da China emitiu um comunicado oficial nesta terça-feira (2) recomendando que os cidadãos estoquem comida e outros produtos essenciais em casa.

Nas últimas semanas, alguns pontos específicos do país asiático têm enfrentado novos surtos pontuais de Covid-19, e o Ministério do Comércio chinês recomenda que as autoridades desses locais que enfrentam restrições informem a população sobre as redes de distribuição de produtos essenciais disponíveis.

O objetivo é evitar o desabastecimento durante todo o inverno no hemisfério norte, e para isso são listadas uma série de medidas, dentre elas a recomendação para estocar produtos essenciais em casa. A política de tolerância zero contra novos casos de Covid-19 não tem sido vista como suficiente nas últimas semanas, então a capital do país, Pequim, por exemplo, já fechou cinemas, centros de entretenimento e determinou restrições a circulação.

Pequim entende que é preciso, além de evitar novos casos e a circulação do vírus em larga escala, garantir a estabilidade dos preços dos produtos e ter uma liderança fortalecida para fazer controlar a situação.

Nesta segunda-feira (1º), a Disney de Xangai fechou após um único caso de Covid-19 ter sido detectado. Em todo o país, segundo os números oficiais, foram 92 casos de Covid-19 registrados. A China tem 1,4 bilhão de habitantes e já chegou a erradicar os casos, que atingiram agora o maior nível desde setembro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários