Com 62,21 milhões de inadimplentes no Brasil em setembro, quantidade de dívidas também é a menor registrada desde o pico em abril
Fernanda Capelli
Com 62,21 milhões de inadimplentes no Brasil em setembro, quantidade de dívidas também é a menor registrada desde o pico em abril

A quinta de edição do  “Mapa da Inadimplência e Renegociação de Dívidas no Brasil” divulgado pela Serasa registrou queda no número de inadimplentes e no total de dívidas no País. Com 62,21 milhões de pessoas inadimplentes, o valor é o mais baixo desde o pico de 2021, em abril, que registrava 62,98  milhões de brasileiros em situação de inadimplência. De acordo com o estudo mensal, o número de dívidas totais no Brasil também é o menor registrado no período, que caiu 0,16% em relação ao último mês, totalizando 208,46 milhões de contas.  

 Apesar da queda nos indicadores, o valor das dívidas está mais alto:  com um crescimento de 0,34% no valor total em relação ao último mês, essas contas somam R$ 245,3 bi, uma média de R$ R$ 3.944,65 por pessoa e R$ 1.177,19 por dívida. Com relação à análise das dívidas, o segmento de bancos e cartões de crédito segue liderando o ranking das contas responsáveis pela inadimplência, representando  28,70% delas, na sequência aparecem as dívidas de utilities (contas básicas, como água e luz) com 23,5% e varejo com 13%.  

 De acordo com Nathalia Dirani, gerente da Serasa, ainda que o número de brasileiros inadimplentes apresente uma queda com relação aos últimos meses, o aumento no valor total das dívidas deve ser um ponto de atenção e a busca por oportunidades de negociação é um caminho para quem quer recomeçar: “Os números revelam que os brasileiros estão buscando oportunidades de renegociar com condições diferenciadas e que as empresas credoras entendem cada vez mais a importância de oferecer essas condições para os brasileiros renegociarem: só  em setembro, foram mais de R$ 3,27 bilhões de descontos concedidos em renegociações pelo Serasa Limpa Nome”. 

No recorte regional, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná e Bahia permanecem como os estados onde há mais inadimplentes, mas também, são os lugares com maior concentração de dívidas negociadas no Serasa Limpa Nome, maior plataforma de renegociação de dívidas do Brasil.  

Segundo Nathalia, para muitos brasileiros o primeiro passo para o recomeço é estar com o nome limpo e as ações que possibilitam essa retomada acontecem durante o ano todo. No entanto, um momento especial se aproxima: o Feirão Serasa Limpa Nome, que esse ano terá novidades exclusivas: “Estamos muito otimistas. Com acordos diferenciados que podem ser parcelados e pagos até 2022, permitimos que os brasileiros paguem um que cabe no seu bolso e consigam retomar o acesso ao crédito e manter uma vida financeira saudável. Vem novidade boa por aí”, finaliza.  

Leia Também

No Serasa Limpa Nome, os acordos são fechados em menos de 3 minutos e podem ser feitos dentro do app da Serasa (desde a consulta até o pagamento via carteira digital) além dos  canais oficiais da Serasa:  

  • ·  Site: serasalimpanome.com.br 
  • ·  App Serasa no Google Play e App Store 
  • ·  Ligação gratuita 0800 591 1222 
  • ·  WhatsApp 11 99575-2096 
  • ·  Agências dos Correios*  

Passo a passo para negociação on-line: 


1º Passo

Acessar o site  www.serasa.com.br/limpa-nome-online  ou baixar o aplicativo no celular, digitar o CPF e preencher um breve cadastro. Com isso, é possível usar os serviços com a garantia de que só você tem acesso aos seus dados. O consumidor também pode regularizar débitos financeiros pelo WhatsApp, através do número (11) 99575-2096.

2º Passo

Ao entrar na plataforma, todas as informações financeiras do consumidor já aparecerão na tela, incluindo as dívidas que tiver. Se quiser conhecer as condições oferecidas para pagamento, basta clicar em uma delas e serão apresentadas as opções para renegociar cada débito.


3º Passo

Depois que você escolher uma das opções de valor, é só escolher se vai ser à vista ou em parcelas e a melhor data de vencimento.

4º Passo

A plataforma da Serasa gera um ou mais boletos, dependendo da forma de pagamento escolhida, já com a data de vencimento correta. O boleto poderá ser pago tanto on-line quanto na agência do banco ou casa lotérica. Também é possível realizar o pagamento do acordo diretamente pela carteira digital da Serasa.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários