Comparado com o mesmo mês do ano passado, produção recuou 21,3%
Redação 1Bilhão Educação Financeira
Comparado com o mesmo mês do ano passado, produção recuou 21,3%

Após o  pior agosto dos últimos 18 anos, em setembro a indústria automobilística aumentou a produção em 5,6%, pior resultado para o mês desde 2005, sendo fabricados 173,3 mil veículos, segundo a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (ANFAVEA). Ainda assim, a crise mundial de semicondutores segue afetando a recuperação do setor. 

Na comparação com o mesmo mês do ano passado, a produção recuou 21,3%, quando foram produzidos 220,2 mil. No acumulado de janeiro a setembro de 2021 são 1.649,3 mil ante 1.330,1 mil no mesmo período de 2020, crescimento de 24%.

O presidente da ANFAVEA, Luiz Carlos Moraes disse que essa queda é causada graças às restrições da produção no segundo semestre, enquanto o primeiro semestre registrou uma alta maior que o esperado por conta de demanda reprimida pela pandemia de Covid-19.

"Desafios da produção seguem por conta de dificuldades logísticas", disse Moraes. "Desde o final do ano passado estamos com restrições como falta de pneus, falta de semicondutores, etc", completou. 

Leia Também

Em agosto cerca de 11 fábricas fecharam temporariamente ou desaceleraram a produção graças à baixa oferta de matérias-primas, entre as principais estão os semicondutores. 



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários