Programa do governo oferecerá descontos na conta de luz para clientes e empresas que economizarem energia elétrica
Fernanda Capelli
Programa do governo oferecerá descontos na conta de luz para clientes e empresas que economizarem energia elétrica

O programa de descontos na conta de luz para clientes e indústrias que reduzirem o consumo de energia será pago pelos próprios consumidores. Você não leu errado, os contribuintes serão responsáveis pelo pagamento da redução no valor das contas de luz, inclusive aqueles que receberão o desconto. A informação foi divulgada pelo UOL e confirmada pelo iG nesta quinta-feira (29).

De acordo com o texto que detalha o programa, a verba para custear os descontos serão retirada dos Encargos de Serviços do Sistema (ESS), taxa cobrada em contas de luz para caso de custos extras do sistema elétrico, como acionamento de termelétricas.

Caso seja autorizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), as distribuidoras poderão reajustar o ESS, o que aumentaria os encargos sobre a conta de energia a partir de janeiro de 2022, justo quando haverá o desconto na tarifa para poupadores. Especialistas ouvidos pela reportagem acreditam que o programa do governo federal não terá serventia nesse caso.

Segundo o Palácio do Planalto, empresas e residencias que economizarem energia elétrica até dezembro terá descontos na conta de luz a partir de janeiro de 2022. Essa foi uma alternativa encontrada pelo governo para o racionamento de energia elétrica em meio à pior crise hídrica em 91 anos.

A equipe econômica e do Ministério de Minas e Energia preveem rombo nas contas, mas não foi divulgado valores. O 'buraco' dependerá do número de beneficiários que aderirem ao programa.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários