Paulo Guedes mostrou-se insatisfeito com críticas ao Ministério da Economia
Sophia Bernardes
Paulo Guedes mostrou-se insatisfeito com críticas ao Ministério da Economia

O ministro da Economia, Paulo Guedes, mostrou-se insatisfeito com as críticas que vem sendo feitas à sua pasta. "Tenho vontade, às vezes, de devolver tudo, mas tenho tentado melhorar como pessoa", disse ele nesta segunda-feira (27) durante o 4º Encontro "O Brasil Quer Mais", promovido pela International Chamber of Commerce (ICC).

Guedes ainda afirmou que quem critica a suposta falta de um plano econômico do ministério é "porque tem um treinamento em equilíbrio geral com deficiências". De acordo com ele, para quem ainda não sabe, o plano do governo é continuar com as privatizações de empresas estatais durante os próximos dez anos.

"Qual o plano para os próximos dez anos? Continuar com as privatizações. Petrobras, Banco do Brasil, todo mundo entrando na fila, sendo vendido e isso sendo transformado em dividendos sociais”, afirmou.

O ministro ainda pontuou que a reforma administrativa , enviada ao Congresso Nacional não é a mais potente, mas é o que foi "politicamente possível" de ser feito. Segundo ele, a pandemia de Covid-19 tirou do governo um ano e meio de reformas estruturantes que poderiam estar gerando bons frutos para a economia brasileira.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários