Bolsa fechou em forte queda nesta quarta-feira
Sophia Bernardes
Bolsa fechou em forte queda nesta quarta-feira

Após a má repercussão das manifestações de 7 de setembro e ameaças à democracia do país, a Bolsa de Valores de São Paulo teve um dia para esquecer nesta quarta-feira (08). O índice Ibovespa fechou o dia com queda de 3,75%, com 113.451,50 pontos, o menor valor pontual desde 24 de março e a maior queda em um único dia desde 8 de março. 

Segundo analistas do mercado financeiro, a fala do presidente Jair Bolsonaro que não respeitaria as decisões do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, e as ameças antidemocrátivas, foram interpretadas por investidores como atentado à Constituição Federal. De acordo com as fontes ouvidas pelo iG, a repercussão das manifestações a favor ao governo Bolsonaro poderá travar propostas econômicas no Congresso Nacional, principalmente no Senado, onde o governo tem perdido apoio nas últimas semanas. 

Na visão de economistas, o tom usado por Bolsonaro em seu discurso e a tensão política entre Palácio do Planalto, STF e Congresso Nacional afastam potenciais investidores estrangeiros e atrapalha a retomada econômica do país. 

Dólar 

O dólar também sofreu forte impacto após as manifestações do dia 7 de setembro pelo país. A moeda norte-americana encerrou o dia em alta de 2,84%, cotada a R$ 5,32. Esse é o maior valor registrado desde 24 de agosto. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários