Saque-aniversário poderá ser cancelado pelo aplicativo do FGTS ou site da Caixa
Guito Moreto / Agência O Globo
Saque-aniversário poderá ser cancelado pelo aplicativo do FGTS ou site da Caixa

Funcionários que buscam no saque-aniversário do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) uma alternativa para conseguir um dinheiro extra podem estar se precipitando. Isso porquê se o beneficiário foi demitido e cancelar o saque, não poderá receber os valores após os dois anos de carência. 

Segundo a Caixa Econômica Federal, o trabalhador que recebe o saque-aniversário e demitido em seguida, só receberá a multa de 40%. Caso se arrependa, o retorno do saque-rescisão acontecerá apenas após dois anos de carência, mas o valor ganho no último trabalho em que foi demitido não poderá ser retirado. 

Como solicitar o saque-aniversário

A solicitação do saque-aniversário deve ser feita pelo aplicativo FGTS e informar a instituição financeira em que gostaria de receber os pagamentos. Os valores são depositados no primeiro dia do mês de nascimento e fica disponível para saque por três meses.

Quanto sacar e como consultar o saldo

Beneficiários do FGTS podem sacar 50% do valor, caso o funcionário tenha até R$ 500 de saldo. Já quem tem acima de R$ 20 mil só poderá retirar 5% do benefício. Os saldos podem ser consultados no site da Caixa Econômica Federal, agências bancárias ou até mesmo pelo aplicativo oficial do FGTS. 

Me arrependi, tem como cancelar? 

Para cancelar o saque-aniversário do FGTS é necessário entrar no aplicativo do FGTS, clicar em Saque-Aniversário e solicitar o cancelamento. A medida também poderá ser feita pelo site da Caixa, mas será necessário apresentar o Certificado Digital para concluir o cancelamento do benefício.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários