O presidente Jair Bolsonaro e o ministro do Trabalho Onyx Lorenzoni
Palácio do Planalto/Flickr
O presidente Jair Bolsonaro e o ministro do Trabalho Onyx Lorenzoni

O ministro da Economia Paulo Guedes disse nesta quinta-feira (29) que o Ministério do Trabalho, comandado por Onyx Lorenzoni , está "totalmente alinhado" com os interesses da sua pasta. Guedes comentou os dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) divulgados hoje, mostrando que o país criou 1,5 milhão de empregos no primeiro semestre de 2021. 

"Quero saudar nosso novo ministro, Onyx Lorenzoni, e a equipe que participou de toda a construção dos programas que ajudaram na manutenção do emprego", disse Guedes. "A equipe vai seguir em brilhante companhia, (...) o Onyx está totalmente alinhado com as nossas políticas, esteve em campanha eleitoral comigo e com Bolsonaro", completou. 

O ministro fez questão de mencionar os próximos programas de criação de empregos para jovens, como o BIP (Bônus de Inclusão Produtiva), que deve ser uma bolsa de cerca de R$ 300 paga pelo governo a desempregados que não trabalham nem estudam.

Na coletiva, Guedes falou também da ideia do novo ministro do Trabalho de criar um programa de "serviço social voluntário", que ajudaria jovens a ingressar no mercado de trabalho, mas não deu mais detalhes.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários