Bolsonaro defende o fim do horário de verão
Redação 1Bilhão Educação Financeira
Bolsonaro defende o fim do horário de verão

O presidente Jair Bolsonaro defendeu o fim do horário de verão ontem (6) em conversa com apoiadores. Sem provas, disse que "a maioria é contra", e nem a crise hídrica que o país enfrenta é justificável para a volta do regime de horários. A medida foi uma das primeiras de Bolsonaro ao assumir a Presidência, em 2019. 

"Não, o horário de verão foi comprovado que não tem ganho financeiro e a maioria é contra porque mexe no relógio biológico ", afirmou o presidente.

O cenário mudou com a falta de chuvas, e empresários dos setores de hotelaria, turismo, bares e restaurantes de vários estados estão aderindo ao movimento que pede a volta do Horário de Verão . O movimento começou na última semana, encabeçado pelo CNTur (Confederação Nacional de Turismo) de Santa Catarina, Paraná e Bahia. Líderes paulistas e cariocas aderiram ao movimento nesta terça-feira (29).

Até o apoiador ferrenho de Bolsonaro, Luciano Hang, dono das lojas Havan, disse que o retorno seria positivo .  


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários