Itapemirim
Calebe Murilo
Itapemirim

A viação ITA , conhecida pela frota de ônibus Itapemirim , tinha previsão para iniciar os voos em 1º de julho , ou seja, daqui a duas semanas. No entanto, após uma reformulação nos embarques uma série de passagens foi cancelada , irritando passageiros. 

Segundo O Globo, nas redes sociais os consumidores reclamam contando ter recebido um email da companhia avisando do cancelamento e também com dificuldades de acessar o call center da empresa.

"A demanda não veio na medida em que a gente estava esperando. Tivemos que fazer uma readequação para ter um nível de ocupação e oferta condizente com o nosso início pois não podemos começar no prejuízo. Precisamos de uma boa rentabilidade para fazer a empresa virar", admitiu ao jornal o presidente da ITA, Adalberto Bogsan, que assumiu o manche praticamente com os motores já ligados.

A ITA havia planejado estrear com 10 aeronaves, chegando a 50 em um ano, mas vai começar com quatro. Além disso, a taxa de ocupação da empresa está em 45%, quando o normal para uma companhia aérea é de aproximadamente 80%. 

A pandemia afeta o setor aéreo, que aos poucos tenta se recurar. A nova empresa sofre também com um processo de recuperação com uma dívida de mais de R$ 2 bilhões. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários