Fachada da empresa Somos Case Gestão de Timeshare e Multipropriedade, onde mulher trabalhava
Reprodução
Fachada da empresa Somos Case Gestão de Timeshare e Multipropriedade, onde mulher trabalhava

Após ser demitida em uma simulação de paredão do 'BBB' , a funcionária que recebeu votos dos colegas de trabalho disse, em entrevista à TV Globo, ter se sentido um "lixo" pela forma como foi dispensada.

A vendedora, que preferiu não ser identificada, disse estar tarumatizada com a situação. " Me senti um lixo , me senti ineficiente, não tive nem a oportunidade de defesa, então só pude aceitar. Não posso dizer que não tenho traumas do que eu vivi, mas tenho que ser mais forte, não posso deixar que isso me atrapalhe."

O fato ocorreu após o gestor da equipe de vendas, identificado como Yago Monteiro, da empresa Somos Case Gestão de Timeshare e Multipropriedade , promover a votação que resultou na demissão da mulher e de mais três pessoas. "Me senti um lixo", afirmou a ex-funcionária. A Jutsiça do Trabalho do Ceará condenou a empresa a pagar R$ 14 mil de indenização por danos morais à mulher, que teria foi a mais votada na dinâmica.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários