Reprodução/Flickr
"Motociata" de Bolsonaro provocou aglomeração e um gasto de quase 500 mil reais

O presidente Jair Bolsonaro se reuniu com milhares de motociclistas no Rio de Janeiro na manhã de domingo  (23). Só com seguranças , o presidente gastou aproximadamente  R$ 485 mil

Ao todo, foram mobilizados mil policiais militares, efetivo equivalente ao de um batalhão inteiro da PM no Estado. Somando-se o custo de salário dos policiais durante as 6 horas de manifestação, a estimativa é que o custo beire 500 mil reais. O valor seria suficiente para pagar 2 mil auxílios emergenciais , tendo como base o preço de R$ 250.  

Além de promover aglomeração, atentado contra saúde pública durante a pandemia, o presidente também é acusado de usar verba pública para promoção de campanha, o que também é crime fora do período eleitoral. 

Três dias antes da "motociata", o presidente havia anunciado a isenção de pedágio para motocicletas.

Você viu?

A medida vale apenas para novas concessões de rodovias, nas quais motociclistas serão isentos da cobrança. No dia 10 de maio, Bolsonaro havia prometido a medida e, no dia seguinte, a Federação de Motoclubes do Estado do Rio de Janeiro começou a convocar a manifestação deste domingo a favor do presidente.




    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários