Suspensão de cobrança de empréstimos valerá até outubro
Reprodução: iG Minas Gerais
Suspensão de cobrança de empréstimos valerá até outubro

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou nesta quinta-feira (29) a manutenção da suspensão da cobrança de empréstimos para empresas de pequeno porte por mais seis meses. A medida visa aliviar as contas de pequenos negócios afetados pela pandemia de Covid-19 .

De acordo com o banco, 100 mil empresas com faturamento máximo de R$ 4,8 milhões devem ser beneficiadas. Ao todo, o banco deixará de arrecadar R$ 2,9 bilhões.

A suspensão deve ser solicitada junto ao agente financeiro que intermediou o pedido de empréstimo. O BNDES ainda avalia a possibilidade de prorrogar o prazo total de financiamento em 18 meses.

“A suspensão das prestações deverá ser negociada pelo empreendedor diretamente com o agente financeiro que lhe concedeu o financiamento original. Os pedidos já podem ser feitos a partir de hoje”, afirmou o banco, em comunicado.

O BNDES suspendeu a cobrança de empréstimos em 2020 devido à crise financeira causada pela pandemia. O aumento de casos da Covid-19 neste começo do ano preocupou a diretoria do banco e abriu estudos sobre a possibilidade de os empresários não conseguirem arcar com as despesas.

No ano passado, o banco deixou de arrecadas R$ 13 bilhões em empréstimos, sendo R$ 3,9 bilhões de governos estaduais e municipais.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários