Serviços de armazenagem, logística e entregas foram destaques da recuperação
Julio Vilela/Amazon
Serviços de armazenagem, logística e entregas foram destaques da recuperação

O setor de serviços cresceu 3,7%, na comparação com dezembro, e superou o nível em que se encontrava antes da pandemia de Covid-19, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (15) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Com o resultado, o setor acumula crescimento de 24% , se recuperando da contração de 18,6% quando despencou entre os meses de março e abril do ano passado.

O setor de transportes (4,4%) foi o que puxou a alta, com o avanço dos serviços de logística e transporte rodoviário de cargas.

O gerente da pesquisa, Rodrigo Lobo, explica que o segmento de armazenagem , serviços auxiliares aos transportes e correio cresceu de forma significativa desde junho de 2020 e neste mês de fevereiro atingiu seu ponto mais alto da série, iniciada em janeiro de 2011.

"Nesse segmento vêm se destacando as empresas que prestam serviço de logística, que já vinha tendo alta expressiva por conta do aumento das exportações de petróleo e do agronegócio e, durante a pandemia, teve uma grande escalada de demanda, devido ao crescimento das vendas no comércio online", explica Rodrigo Lobo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários