Fila de beneficiários do auxílio emergencial do lado de fora de agência da Caixa Econômica Federal
Gabriel de Paiva/Agência O Globo
Fila de beneficiários do auxílio emergencial do lado de fora de agência da Caixa Econômica Federal


Nesta sexta-feira (19), o ministro da Cidadania, João Roma (PRB - PE), disse em entrevista exclusiva ao jornal O GLOBO que o calendário do novo auxílio emergencial  será divulgado na semana que vem e que quem não está no Bolsa Família recebrá antes. A primera das quatro parcelas será paga em abril.

O ministro Roma também reconheceu que os valores do auxílio nesta nova edição não são o "ideal" ou o bastante para deixar a população mais vulnerável em isolamento social no atual estágio da pandemia. Mas, segundo ele, foi o possível.

Leia também

Os novos valores vão de R$ 150 a R$ 375, dependendo da composição familiar. No ano passado, o benefício chegou a R$ 1.200, no caso de mães solo, nos primeiros meses de pagamento.

Roma revelou que o governo vai aumentar o valor do Bolsa Família a partir de agosto - hoje, o benefício está em R$ 190, em média - e que mais famílias serão incorporadas ao programa.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários