null
Reprodução/Facebook
undefined


O Procon-SP multou a Companhia de Seguros SulAmérica em R$ 10,5 milhões porque a empresa vendeu contratos de planos de saúde com previsão de reajuste de faixa etária e de cobrança mensal. O problema é que a empresa não deu informações claras ao consumidor, contrariando o Código de Defesa do Consumidor.

Segundo o Procon-SP, a companhia também manteve cláusula contratual prevendo que o cancelamento do contrato a pedido do consumidor só poderia ocorrer após 60 dias, em desacordo com a ação judicial de 2018.

Leia também

Paulo, a SulAmérica disse que não se manifesta sobre procedimentos administrativos em andamento, “mas esclarece que atende rigorosamente todas as determinações da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS)”.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários