Orçamento 2021 deve ser aprovado até o fim de março pelo Congresso Nacional
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Orçamento 2021 deve ser aprovado até o fim de março pelo Congresso Nacional

A Comissão Mista de Orçamento irá analisar nesta quarta-feira (10) irá analisar informações de obras e serviços com irregularidades graves para não serem computadas nos gastos da União em 2021. Obras não concluídas também estão na lista.

O Comitê de Avaliação das Informações sobre Obras e Serviços recebeu do Tribunal de Contas da União (TCU) uma lista com as irregularidades constatadas. O objetivo da CMO é retirar os valores das obras do Orçamento de 2021 e diminuir os gastos do governo federal.

Representantes do Ministério de Desenvolvimento Regional , Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) e da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) e auditores do TCU para questionar as verbas destinadas para os serviços inacabados e o andamento das investigações sobre irregularidades.

O parecer final do Orçamento 2021, com a distribuição de verbas da União, deverá ser lido no dia 24 de março em sessão conjunta entre Câmara e Senado. O relator, senador Márcio Bittar (MDB-AC) ainda negocia a divisão entre os setores econômicos e o impacto do pagamento do auxílio emergencial nas contas públicas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários