null
Lorena Amaro
undefined


O Itaú Unibanco anunciou nesta quinta-feira que irá demitir todos os 50 funcionários que solicitaram o auxílio emergencial . O banco afirma que o ato é sinal de desvio de conduta, o que pode levar à demissão por justa causa.

Ao todo, o Itaú tem 96 mil funcionários.

“Ao identificar que alguns dos seus profissionais solicitaram o auxílio emergencial disponibilizado pelo Governo Federal, prática que caracteriza desvio de conduta, o banco decidiu pelo desligamento desses colaboradores”, informou.

“Para o Itaú Unibanco , ética é um valor fundamental, que deve ser cultivado não apenas nas decisões do banco, mas também dos seus colaboradores, que são orientados e treinados de forma recorrente sobre o tema”, diz a mesma nota. 

Você viu?

Leia também 

A Receita Federal aponta que cerca de três milhões de brasileiros terão que devolver os valores do benefício recebidos de forma indevida em 2020.

O órgão tornou obrigatória a  declaração no  Imposto de Renda de 2021 dos contribuintes que receberam mais que R$ 22.847,76, somando o valor do benefício, durante o ano passado. “O contribuinte que tenha recebido rendimentos tributáveis em valor superior a R$ 22.847,76 no ano-calendário 2020, deve devolver os valores recebidos do auxílio emergencial, por ele e seus dependentes”

A devolução deve ser feita através de Documento de Arrecadação de Receitas Federais (Darf), que pode ser gerado no momento de preenchimento da declaração.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários