Brasil Econômico

null
Reprodução / iG Minas Gerais
undefined


O setor hoteleiro projeta uma  retomada paulatina em 2021, mas sem repetir os níveis de ocupação de 2019, anteriores à crise do novo coronavírus.

Por enquanto, a volta dos turistas ocorre em pequenos destinos ou cidades próximas aos grandes centros, diz a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH).

"A expectativa é que 2021 seja bem melhor do que foi 2020 para a hotelaria, mas dificilmente alcançaremos os números de 2019. A vacinação contra a Covid-19 será determinante para a volta completa das atividades dos meios de hospedagem", destaca a entidade em nota oficial.

Você viu?

2020 foi marcado por  uma queda gritante na ocupação, "com períodos em que esses números chegaram a zero, com diversos meios de hospedagem encerrando suas atividades por total incapacidade de continuar funcionando sem receita”, segundo a ABIH.


Futuro


A expectativa do setor é que o segmento de eventos e do turismo num geral registrem uma recuperação mais intensa conforme a população se imunize. 

"Elaboramos também, junto com profissionais da Anvisa, uma cartilha distribuída para todos os hotéis independentes com orientações para garantir a segurança dos ambientes com relação ao coronavírus", diz a nota.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários