Brasil Econômico

Medida foi aprovada na Câmara e no Senado, mas precisa passar por sanção da presidência
Lorena Amaro
Medida foi aprovada na Câmara e no Senado, mas precisa passar por sanção da presidência

Em live no seu canal no YouTube, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse nessa quinta-feira (11) que pode vetar pontos da proposta aprovada pela Câmara na quarta-feira (10). A autonomia do Banco Central (BC) ainda precisa passar pela sanção presidencial. 

"A Câmara aprovou a autonomia do Banco Central, projeto que veio do Senado, e como foi acordado alguns vetos que eu não tomei conhecimento ainda, na live de quinta-feira eu espero tratar aqui da autonomia do Banco Central, prós e contras disso aí", disse Bolsonaro sem especificar as medidas que analisaria. 

A proposta que traz mais autonomia à instituição foi aprovada por 339 votos a favor e 114 contra. O objetivo é a desvinculação da pasta da economia, para que as decisões do BC sejam livres de ações políticas, e se tornem estritamente econômicas.

Presidente ressaltou que a medida tratá mais estabilidade  para o país e tranquilidade aos bancos. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários