Brasil Econômico

Auxílio municipal foi criado por oito capitais
Marcello Casal Jr./Agência Brasil
Auxílio municipal foi criado por oito capitais

Oito prefeituras das 26 capitais do Brasil lançaram suas próprias versões do auxílio emergencial , de acordo com levantamento feito pelo G1. Atualmente, o benefício  continua sendo pago apenas em Manaus e Salvador .

O auxílio emergencial pago pelo governo federal foi anunciado em março de 2020. Em seguida, foram pagas seis parcelas de R$ 600 e, depois, mais três de R$ 300. O  pagamento acabou em dezembro de 2020.

Algumas capitais brasileiras concederam um auxílio próprio que foi pago em momentos diferentes. Confira a lista:

  • Cuiabá (MT): três parcelas de R$ 500 concedidas no início da pademia
  • Fortaleza (CE): duas parcelas de R$ 100 em abril e maio de 2020
  • Macapá (AP): criou auxílio alimentação com duas ou três parcelas de R$ 300
  • Manaus (AM): criou auxílio no início de 2021, e vai pagar seis parcelas de R$ 200
  • Salvador (BA): desde abril de 2020, paga parcelas de R$ 270
  • São Luís (MA): desde o início da pandemia até outubro, pagou R$ 40 mensais
  • São Paulo (SP): pagou de R$ 100 a R$ 200 no fim do ano passado
  • Vitória (ES): pagou seis parcelas de R$ 300 no segundo semestre de 2020

O governo federal, junto ao Congresso Nacional, tem estudado o possível retorno do auxílio emergencial . De acordo com o ministro da Economia, Paulo Guedes , a próxima rodada deve beneficiar metade das pessoas .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários