Brasil Econômico

Fila de beneficiários do auxílio emergencial do lado de fora de agência da Caixa Econômica Federal
Gabriel de Paiva/Agência O Globo
Fila de beneficiários do auxílio emergencial do lado de fora de agência da Caixa Econômica Federal

Tramita na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) um projeto de criação de um auxílio emergencial para cidadãos do estado, que deve ser votado ainda este mês. O benefício viria para substituir o do governo federal, que teve seu fim e dezembro.

Se for aprovado, o auxílio do Rio de Janeiro será no valor de R$ 200. O benefício vai contemplar fluminenses com renda igual ou inferior a R$ 100 mensais ou que não possuem vínculo formal de trabalho há mais de seis meses.

O projeto foi protocolado nesta terça-feira (2) pelo deputado estadual André Ceciliano (PT), presidente da Alerj. Segundo o texto, o auxílio será pago até o final deste ano e, caso o beneficiário tenha filhos, será adicionado R$ 50 por dependente, limitado a dois.

"Não sabemos até quando as consequências econômicas geradas pela pandemia poderão atingir a população fluminense, mas podemos ajudar a reduzir esses efeitos com a adoção dessas medidas", justificou o deputado.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários