Brasil Econômico

Desemprego atinge brasileiros na iniciativa privada
shutterstock
Desemprego atinge brasileiros na iniciativa privada

11,5 milhões de brasileiros perderam seus empregos na iniciativa privada entre setembro de 2019 e de 2020, valor recorde. No mesmo período, o setor público contratou 145,4 mil pessoas. Os dados são de um levantamento realizado pela consultoria IDados, com base na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios ( Pnad ) Trimestral.

Em setembro passado, o Brasil tinha, no total, 70,6 milhões de trabalhadores atuando no setor privado . O número inclui formais, informais e empregadores. Já no setor público , 11,8 milhões estavam empregados.

"O ciclo de contratações do setor público acompanha muito mais o calendário das eleições do que a economia do país", esclarece Mariana Leite, pesquisadora do IDados, ao G1. "Até porque os servidores, em sua maioria, têm estabilidade no emprego. E a demanda por serviços públicos, em momentos de crise, não diminui tanto quanto a demanda por serviços privados".

Você viu?

Além de continuar contratando, o setor público paga melhor do que o privado, constatou o levantamento. Em setembro, a remuneração média dos servidores públicos era de R$ 3.951, enquanto a dos trabalhadores da iniciativa privada era de R$ 2.032, quase a metade.

Com o emprego privado diminuindo, o setor público tem atingido níveis recorde no mercado de trabalho . No trimestre encerrado em junho de 2020, a taxa de funcionários público no Brasil chegou a 14,8% da população ocupada, maior nível já registrado desde 2012. Em setembro, houve um leve recuo, para 14,3%.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários