Cerca de 20 R$ bilhões devem se destinados à compra de vacinas
Reprodução/ iG Minas Gerais
Cerca de 20 R$ bilhões devem se destinados à compra de vacinas

O governo estimou que gastará somente R$ 36,1 bilhões no combate a pandemia do coronavírus em 2021, de acordo com relatório do Instituto Fiscal Independente do Senado Federal. Esse montante é apenas 6% dos R$ 604,7 bilhões previstos para bancar o combate à crise sanitária e econômica no ano passado. 

Desses R$ 604,7 bilhões, R$ 524 bilhões foram de fato gastos, de acordo com dados do Tesouro Nacional . Já para o ano de 2021, R$ 20 bilhões dos R$ 36,1 bilhões previstos podem ser usados para a compra de vacinas .

Já outros R$ 8 bilhões vão ser destinados aos benefícios de trabalhadores cujos contratos foram suspensos ou tiveram redução de jornada. Foram destinados R$ 3,8 bilhões para o Ministério da Saúde , R$ 2,3 bilhões para o pagamento das últimas parcelas do auxílio emergencial e R$ 2 bilhões para obras de infraestrutura para o setor de turismo.

Orçamento de 2021

Segundo a projeção do Instituto Fiscal, o orçamento de 2021 não deve ser votado antes de abril. Nas três vezes em que um ano terminou sem a votação do projeto de lei orçamentária, a publicação da mesma foi feita só em abril (em 2015 e 2013) ou maio (em 2006). 

A votação do orçamento deve ocorrer somente depois das eleições dos presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado Federal.

A mesa diretora da Câmara dos Deputados definiu que a eleição para a presidência da Câmara dos Deputados será no dia 1º de fevereiro. Já no Senado , ainda não foi definida uma data para a eleição.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários