Brasil Econômico

Shoppings terão o período de funcionamento estendido de 10 horas para 12 horas, para evitar aglomerações nas compras de fim de ano
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Shoppings terão o período de funcionamento estendido de 10 horas para 12 horas, para evitar aglomerações nas compras de fim de ano


As novas regras do Plano São Paulo sobre o funcionamento do comércio, de bares e de restaurantes no estado de São Paulo começam a valer a partir de hoje (12).

Ontem (11), em coletiva de imprensa, o governo paulista anunciou que bares, que antes podiam funcionar até as 22h, deverão fechar às 20h. Os restaurantes e lojas de conveniência poderão continuar abertos até 22h, mas não poderão servir bebidas alcoólicas após as 20h.

Os shoppings terão o período de funcionamento estendido de 10 horas para 12 horas, para evitar aglomerações nas compras de fim de ano. As novas regras terão período de validade de 30 dias, que poderá ser prorrogado.

O estado de São Paulo apresenta tendência de alta nas mortes por Covid-19 há sete dias seguidos. Nesta sexta-feira (11), o número total de mortes chegou a 43.802, e o de casos confirmados, a 1.325.162.

"O Centro de Contingência apresentou ao governo suas sugestões baseadas em evidências. Um consenso que existe em mais de 500 epidemiologistas do mundo, que consideram que os bares noturnos, os eventos noturnos são o local mais propício para a transmissão do vírus. Então é nessa questão do lazer noturno, que envolve bares, restaurantes, casas noturnas, festas, que o Centro de Contingência detectou uma necessidade de medidas mais duras", afirmou João Gabbardo, diretor-executivo do centro de contingência contra o novo  coronavírus.

Além de favorecer o comércio em época de compras de final de ano, a medida visa diminuir aglomerações nos estabelecimentos comerciais.

"Nós vimos que era muito importante realizar um ajuste na fase amarela para expansão do funcionamento do comércio de 10 para 12 horas, mantendo a capacidade de 40%. Foi uma decisão técnica entre saúde e comércio para que possamos atender a necessidade de maior espaçamento entre as pessoas, evitar aglomerações, para que todos possam ter suas necessidades agora do fim do ano atendidas, mas com responsabilidade, com segurança", disse a secretária de Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen.

Veja o que muda a partir deste sábado

Bares

Terão de fechar até as 20h
Lotação está limitada a 40% da capacidade de público
A permanência de clientes em pé está proibida,
Cada mesa pode ter, no máximo, seis pessoas

Restaurantes

Só poderão vender bebidas alcoólicas até as 20h
Deverão fechar até as 22h
Lotação está limitada a 40% da capacidade de público
A permanência de clientes em pé está proibida,
Cada mesa pode ter, no máximo, seis pessoas

Lojas de conveniência

Só poderão vender bebidas alcoólicas até as 20h
Deverão fechar até as 22h

Comércio em geral e shoppings centers

Horário de funcionamento ampliado de 10h para 12h diárias
Deverão fechar até 22h
Capacidade de atendimento presencial limitada a 40% da capacidade
Aferição de temperatura e a álcool em gel nos acessos aos estabelecimentos

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários