undefined
Luciano Rocha
PIX elogiado pelo maior banco central do mundo

O PIX , sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central, foi elogiado pelo Banco de Compensações Internacionais (BIS, na sigla em inglês).

A menção ao sistema ocorreu em um artigo lançado na segunda-feira (7). Um dos co-autores do artigo é o brasileiro Alexandre Tombini, ex-presidente do Banco Central.

Intitulado CoDi and PIX , o artigo cita nominalmente dois países: Brasil e México . Além do PIX, ele também elogia o CoDi , sistema de pagamentos do governo mexicano.

“CoDi no México e PIX no Brasil são sistemas de pagamentos que permitem aos usuários executar e finalizar pagamentos em tempo real. Eles estão estão disponíveis 24 horas por dia, todos os dias do ano. Suas operações ocorrem por meio de uma plataforma operada pelos respectivos bancos centrais”, disse o BIS.

Vantagens dos sistemas de pagamentos

Ao citar os sistemas, o BIS ainda traz algumas vantagens do PIX sobre o Codi. Por exemplo, a possibilidade de pagamentos ao governo, feita pelo sistema brasileiro.

“Especificamente, o CoDi está atualmente disponível apenas para pagamentos entre pessoas e empresas, enquanto o PIX também permite pagamentos ao governo. Em 2021, o PIX também permitirá pagamentos de agências governamentais a pessoas e empresas. No México, algumas agências governamentais estão atualmente trabalhando para desenvolver casos de uso com CoDi”, disse o artigo.

O BIS também destacou o uso de pagamentos digitais na América Latina como um todo. Brasil, Colômbia e Chile foram apontados como locais onde os auxílios emergenciais são pagos dessa forma.

No Brasil, o aplicativo Caixa Tem transformou-se no maior banco digital do país em poucos meses. A repercussão foi tamanha que o governo estuda abrir um IPO para o aplicativo na B3.

Porém, o BIS ressalta que esse desenvolvimento é bastante desigual. Por conta disso, muitos países latino-americanos estão ficando para trás no uso de meios digitais.

Sucesso do PIX e real digital

O PIX foi lançado em 16 de novembro. Desde então já foram quase 100 milhões de cadastros realizados no sistema, com 43 milhões de transações.

E o sistema tem agradado às pessoas. Uma pesquisa do Ibope mostrou que 60% dos usuários preferem utilizar o PIX do que o TED ou DOC.

Com o novo sistema, o Brasil começa a discutir a digitalização completa do real. Segundo Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central, isso irá acontecer.

O banco já conta com um grupo de estudos sobre a criação de uma moeda digital do banco central (CBDC, na sigla em inglês).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários