Brasil Econômico

maia
Reprodução Globonews
'A equipe econômica vazou, antes da reunião com o presidente, qual era a sua ideia', disse Maia sobre Renda Brasil

Em coletiva de imprensa na tarde desta quarta (26), o presidente da Câmara dos deputados, Rodrigo Maia, comentou as  divergências entre o ministro  Paulo Guedes e o presidente Jair Bolsonaro sobre o Renda Brasil.

"A equipe econômica vazou, antes da reunião com o presidente, qual era a  sua ideia. De forma pública, também, o presidente anunciou que a  matéria está suspensa. Você pode ter preocupação em relação ao mérito que o presidente falou hoje, ou você pode ter preocupação em relação a esse debate vir para a imprensa antes de consolidado dentro do governo", disse Maia. 

Para o presidente da Câmara, o debate sobre o Renda Brasil ainda não era consenso entre Bolsonaro e Guedes ontem, quando o presidente se reuniu com a equipe econômica. Maia amenizou as divergências entre Bolsonaro e Guedes.

"Fica a impressão, quando a equipe econômica fala, que essa questão está resolvida com o presidente. (...) Eu acho que dentro do governo, com mais preocupação e responsabilidade nesse tema, é preciso primeiro organizar a casa, organizar o que gera consenso dentro do governo", disse Maia sobre as propostas econômicas e sociais do governo, divididas entre as ideias de Guedes e de Bolsonaro.

Sobre a fala de  Bolsonaro criticando o Renda Brasil de Guedes mais cedo, Maia disse: "Diferente do que os jornais disseram, eu acho que ele (Bolsonaro) fez uma análise correta, é difícil acabar com os programas sociais".

Maia também explicou por que, na semana passada, não se pronunciou sobre projeto de emenda constitucional. "Por isso que não queria discutir a PEC Combo, uma PEC que trata de muitas coisas me parece que vai dar errado ", afirmou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários