Aurora
Divulgação
Aurora

A coorperativa Aurora Alimentos decidiu suspender temporariamente a exportação de carne de frango para a China da unidade de Xaxim (SC). A medida deve durar até que o  caso de Shenzhen seja esclarecido. 

No último dia 13, a prefeitura da cidade chinesa detectou o novo coronavírus (Sars-Cov-2) em frango importado do Brasil. A carne vinha justamente deste frigorífico da Aurora. 

Em comunicado divulgado nesta terça-feira (25), a empresa disse que suspendeu voluntariamente a exportação da carne de frango "apesar da absoluta confiança" de que o seu "processo produtivo é isento da presença do vírus". A Aurora ainda informou que o comunicado já foi repassado ao Ministério da Agricultura e ao GACC (General Administration China Customs).

Associação Brasileira de Proteína Animal ( ABPA ) disse que apoia a decisão da Aurora, que deve facilitar as investigações tanto do lado chinês quanto do lado brasileiro. 

Em nota, porém, a ABPA afirma que "não há evidências científicas de que a carne seja transmissora do vírus", de acordo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO), a Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

    Veja Também

      Mostrar mais